Peguei o metrô lotado de mini saia

O cara colocou o pau pra fora e ficou roçando na minha bunda. Eu sentia o pau esfregando na minha calcinha por baixo da minha mini saia.


Peguei o metrô lotado de mini saia
Peguei o metrô lotado de mini saia

Oi, meu nome é Fernanda tenho 18 anos e eu moro no Rio de Janeiro, depois de contar alguns casos que aconteceram comigo ou que eu aprontei com amigos resolvi narrar esse conto erótico aqui de quando peguei um metrô lotado de mini saia.

Eu e minha xaninha

Bom, pra saberem um pouco mais de mim: Sou morena, tenho cabelos lisos castanhos com mexas loira, olhos castanhos, 1,67 de altura, 58 quilos, tenho pernas grossas, bumbum grande, seios pequenos pra médio e a xaninha eu costumo variar, às vezes esta carequinha, outras peludinha mais sempre cheirosinha.

Hoje vou contar o que acontecia comigo ano passado quando eu ia pra escola de mini saia. Eu moro na Zona Norte e estudava no Centro, no horário da manhã então pra não ter que pegar trânsito eu ia de trem para escola, tinha uma amiga que ia sempre comigo e tinha um garoto que ia também às vezes.

Todo dia era a mesma coisa o trem sempre vinha lotado, a gente se espremia dentro dele, e todo dia tinha uns caras que passavam a mão e roçava em mim e na minha amiga.

Com o passar dos dias comecei a reparar que eram sempre os mesmo caras que faziam uma rodinha na gente e ficava se aproveitando da gente o garoto que ia com a gente foi reclamar com um dos caras e acabou tomando um soco, os amigos dele ainda roubaram o dinheiro, relógio e mochila desse meu amigo.

Nesse dia fiquei assustada e um deles falou pra mim que nada ia acontecer comigo nem com a Patrícia minha amiga que ia sempre comigo.

Mini saia

No dia seguinte eu e a Paty fomos pra escola só nos duas, pois o garoto que ia com a gente disse que não iria mais de trem pra escola, e como sempre os caras ficavam passando a mão e roçando na gente, era sempre do mesmo jeito, um cara parava atrás de mim e os outros ficavam em volta pra disfarçar o cara que ficava atrás colocava o pau pra fora e esfregava na minha bunda, ele levantava um pouco a minha mini saia, passava a mão e apertava também meu bumbum passava a mão na xaninha sempre por trás pra não chamar a atenção.

Leia mais Contos Eróticos

Eu ia sempre de calça pra escola eles só passavam a mão por cima da roupa mesmo, no começo ficava um pouco assustada mais depois fui gostando, eles colocavam papel com o numero do telefone deles no bolso da minha calça (mais eu nunca liguei), às vezes colocavam ate dinheiro o que eu não gostava era que eles gozavam em mim deixava minha calça toda suja, sempre que eu chegava na estação tinha que ir ao banheiro limpar a calça.

Era sempre na ida pra escola, por que na volta eu voltava de ônibus ou de carona e ficou assim ate o final do ano. Eu e a Paty sempre íamos de trem sempre no mesmo vagão chegamos a ganhar ate calcinhas e sutiãs deles.

Então quando já estava no fim do ano a Paty teve uma ideia, ir pra escola de mini saia e não ir de calça como sempre a gente fazia, eu topei então combinamos as duas de ir de mini saia e levar a calça na mochila pra vestir quando chegasse na escola.

Eu fui de tênis branco, blusa da escola branca, mini saia jeans curtinha e calcinha e sutiã de renda vermelho.

Nesse dia foi a ida pra escola mais demorada da minha vida, quando entramos no trem os caras olharam pra gente e sorriram, rapidamente eles fizeram a rodinha como sempre, o cara que ficou atrás, colocou o pau pra fora e ficou roçando na minha bunda, eu sentia o pau esfregando na minha calcinha por baixo da minha mini saia.

Ele começou a meter a mão por de baixo da saia colocou minha calcinha de lado e ficou me alisando e enfiando o dedinho em mim.

Ele me abraçou forte, levantou minha mini saia e esfregou o pau na minha xaninha. Dava pra sentir ele tentando entrar. Quando eu sentia a cabecinha entrando eu me mexia e não deixava ele encaixar. Ele tava sem camisinha e ficou bombando em mim com o pau esfregando na minha xaninha mais em meter ele gozou e me lambuzou toda. Fiquei toda gozada então veio outro pra trás de mim e ficou esfregando também ele esfregava o pau por trás e colocava a mão pela frente na minha xaninha.

Siga nosso Twitter

Ele chegou a meter mas eu tirei. Então ele ficou me tocando e roçando até que eu gozei e ele também.

Quando chegou na estação eu soltei e fui direto pro banheiro me limpar e vestir a calça. Eu tava com a calcinha toda gozada, a Paty ficou com a calcinha rasgada eles também meteram nela.

Nós duas nos limpamos vestimos a calça e fomos pra escola, esse foi o ultimo dia que andamos de trem juntas pra ir a escola, foi uma viajem das mais demoradas e também das mais prazerosas.

Até hoje tenho a calcinha gozada sem lavar, às vezes pego ela, lembro desse dia e me masturbo.


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

Qual é a sua reação?

Sexy Sexy
3
Sexy
Ri Muito Ri Muito
0
Ri Muito
confuso confuso
1
confuso
Falhou Falhou
1
Falhou
Amei Amei
2
Amei
Perfeito Perfeito
1
Perfeito
Sexo Falado

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escreva seu Conto Erótico
Conto Erótico
Texto formatado com incorporações e recursos visuais
Teste de personalidade
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Quiz Curiosidades
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretendem verificar o conhecimento
Enquete
Votação para tomar decisões ou determinar opiniões
Contagem regressiva
As contagens clássicas da Internet