em

Gostei disto!Gostei disto!

O palestrante e a enfermeira.

Luana é uma morena de 1.68, 42 anos, ela é da cor do pecado, pernas bem torneadas, cabelo curto na altura do ombro, seios medianos, bumbum durinho, barriguinha chapada, olhos pretos, voz suave e doce, enfim, uma mulher de belas curvas.

Trabalha em uma unidade de saúde em Recife – Pernambuco e como é costume todos que trabalham na área da saúde sempre estão participando de conferencias, simpósios e palestras para se aperfeiçoarem no atendimento publico e se atualizarem diante das grandes epidemias que surgem.

Em um desses eventos estava palestrando o Álvaro ele um homem de 48 anos, 1.80, pele branca, cabelo de corte militar sendo um pouco grisalho, olhos pretos com pelos no peito, corpo atlético.

Luana senta na primeira fileira de cadeiras e entre os passos que Álvaro dava encima do palco de um lado para outro Luana começou a notar que ele fixava seus olhos nas suas pernas, pois ela estava com um vestido florido e que ficava acima dos seus joelhos e com isso suas coxas ficavam a mostra.

A palestra durou aproximadamente uma hora e meia e no final ele pede para que ela suba ao palco, pois precisava demonstrar algo que havia falado durante sua fala e queria mostrar em atitude.

Só que ele terminou a demonstração, mas não soltou a mão dela e ela ficou ali presa a ele até que ele agradeceu a ela pela colaboração na palestra e começou a conversar com ela e fazer perguntas.

Ao fim deu um cartão de visitas com seu telefone a ela e ela em um ato impensado fala: “anote meu numero” e ele em uma atitude muito natural disse:” sim, sim, qual é”.

Quando ele responde ela cai em si gela, mas como tinha oferecido não tinha como voltar atrás e não tinha outra coisa a fazer senão dar seu numero de telefone e se despendem.

Os dias passam, Luana toda vez que mexe em sua bolsa vê o cartão deixado por Álvaroe sente algo forte. Seu coração bate forte, mas ela resiste e não liga. Álvaro fazia o contrario, ligava várias e Luana sentia entre as palavras que ele falava que ele estava buscando uma chance de sair com ela, mas tinha um detalhe…

Luana é uma mulher tímida, casada e mãe de três filhos e ela nunca tinha passada por nenhuma situação parecida e isso fazia com ela sentisse receio, medo, mas enquanto ela conversava com ele sentia seu corpo pedir por Álvaro.

Ela imaginava como seria ouvir a voz dele no seu ouvido, sentir o toque das mãos dele no seu corpo, enfim, ela imaginava como seria ainda que por alguns instantes ter seu corpo nas mãos de outro homem, mas ela relutava por que Álvaro também era casado e isso gerava uma barreira e quando ela se lembrava de tudo isso.

O tempo passou, foram aproximadamente dois meses de conversas no telefone até que um belo dia, depois é claro de ele falar abertamente que queria encontrar com ela, sair, ficar em local reservado a sós.

Ela então cede os pedidos de Álvaro e aceita, mas com uma condição, de ficarem sim em um local a sós bem reservado, pois ela não queria ter problemas no casamento dela e nem gerar problemas no casamento dele, mas tinha outro detalhe, ela iria, mas à condição de só conversarem, não poderia rolar nada de intimidade, o que ele muito compreensível aceitou.

Marcado o dia e a hora e o local então se encontraram. Luana foi receosa de que Álvaro não respeitasse a condição imposta por ela, mas ela foi e quando deu por si ela estava lá só com ele no quarto do motel.

Ah o motel era o Sonho Meu, e deitados na cama de lençol branco daquele quarto com espelho no teto se olhavam, ela estava com um vestido de tecido fino, suave e ali deitada deixava suas coxas a mostra e como tinha um leve decote e deitada seus seios ficavam a mostra também, ele de bermuda social, camisa polo, conversaram sobre os mais variados assuntos até de repente se fez um silencio.

Foi quando ela sem esperar e sem poder tomar alguma atitude o vê vindo sobre ela e antes de ela falar NÃO ele começa a beija-la. O corpo dela tenta reagir com o sinal que ela não queria aquilo, mas não consegue e se entrega.

Ela sente a mão de Álvaro entrando por baixo de seu vestido acariciando suas coxas e ela num instinto de defesa aperta as coxas por que não queria aquilo, mas estava gostoso. Ela falava não, mas o corpo gritava por aquilo. Ela inconscientemente falava não, mas era aquilo que seu corpo buscava e quando a mão de Álvaro chega à altura de seu bumbum por baixo de seu vestido ela não resiste mais e relaxa e se entrega.

Álvaro sente a entrega e como sua mão estava no bumbum de Luana ele enfia seus dedos por dentro da calcinha Luana geme e se contorce num momento inesquecível de desejo ele desabotoa o vestido botão por botão que estavam nas costas e tira carinhosamente o vestido deixando Luana só de calcinha e sutiã de renda.

Ela deita-se novamente e enquanto ele a beija passa o dedo delicadamente na xaninha por cima da calcinha ele sente o grelo crescer e ficar durinho enquanto faz isso ele para de beijar e vai descendo pelo queixo, pescoço e chega aos seios lambe os mamilos por cima do sutiã e sente-os ficarem durinhos e os seios tenros.

Ele coloca o dedo por dentro da calcinha e ela já esta relaxada, solta, com as coxas totalmente abertas e seu dedo por dentro da calcinha corre todo seu rego vindo do cuzinho.

Quando passa pela xaninha ele sente seu dedo molhar e ela instintivamente solta um gemido e ela mesma tira sua calcinha e empurra a boca dele porque ela quer é ser chupada e ele sem perda de tempo abre as coxas e suga o grelo inteiro e sente-o inchar e ela solta seu mel e ele engole.

Enquanto isso ela tira o sutiã ele suga buceta inteira de Luana e com uma das mãos acaricia seus seios pressionando eles com força e com carinho ele, ela toma atitude e começa a tirar a roupa dele o faz deitar tira a cueca e começa a chupar ele com muito .

Suga a pika rígida e dura de Jackson ele geme de tesão, o desejo tinha tomado conta deles estavam suados de tanto fogo ela tem a ideia de fazer algo que queria a tanto fazer.

Com ele deitado vira de costas e dando a Álvaro uma visão erógena deliciosa senta na pika ela sente aquela pika de vinte centímetros e grossa entrando na sua buceta, buceta que não tinha experimentado outra senão a do seu marido, ela cavalga, senta, levanta, senta, levanta ele puxa seu cabelo, arranha as costas dela ela aumenta a velocidade e intensidade a ponto de os dois darem gemidos simultâneos.

Ele se contorce de tesão ela geme senta levanta senta e levanta e quando ela sente que irão gozar ela diminui a intensidade e com a buceta engole a pika inteira e bem devagar senta e levanta senta e levanta ela sente seu corpo arrepiar.

Ele diz “Ai vou gozar!” e ela, “vamos gozar juntos” e ela mais uma vez engole a pika inteira a sente inchar dentro dela, sente ela dentro do seu útero e sente que ele vai gozar.

Não deixa a pika sair de sua buceta aperta mais e sente o jato quente de porra dentro do seu útero ele se contorce de tesão e ela continua vagarosamente subindo e descendo subindo e descendo e goza também e num misto de tesão, arrepios, corpo mole fala:

– Álvaro essa foi a melhor palestra que participei e ele, hoje a palestrante foi você e confesso que achei que sabia tudo, mas você me deu uma aula do melhor assunto minha morena gostosa.

Escrito e enviado por Bernardo Lingam

Esta postagem foi criada com nosso formulário de envio fácil. Crie seu post!

Relatório

O que você acha?

Escrito por BernardoLingam

2 Comentários

Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1

Bom dia

Morena com Fogo e Atitude.