Quer brincar? 9 jogos eróticos caseiros para animar a quarentena

Para os casais que estão em isolamento juntos, vamos de dicas de brincadeiras fáceis e pra lá de picantes


-1
-1 points
9 jogos eróticos caseiros para animar a quarentena
9 jogos eróticos caseiros para animar a quarentena

Há quase um mês em quarentena, as pessoas começam a sentir a necessidade de serem criativas. Há aquelas que deram sorte de ficar em isolamento social junto com o(a) parceiro(a) e podem usar o sexo como divertimento no período.

Além dos diversos aplicativos com passatempos eróticos prontos, existem, também, os jogos que podem ser improvisados com o que se tem em casa.

Então, se vocês já fizeram de tudo, tentaram todas as posições e estão ficando entediados, o Sexo Falado traz 9 ideias de jogos eróticos fáceis e deliciosos para movimentar a relação. Confira:

Jogo de tabuleiro

Quem nunca brincou de Jogo da Vida? E por que não se inspirar nos clássicos jogos de tabuleiro para se divertir? Você vai precisar de um dado, algo que possa ser usado como os pinos, e uma base que sirva de caminho a ser percorrido durante o jogo.

Além das rotas prontas, que são encontradas na internet, o casal pode montar o seu próprio roteiro, colocando prendas quentes em cada uma das casinhas. Vale soltar a imaginação: posições, carícias, peças de roupa a serem tiradas, “castigos”, etc.

Papeizinhos sortidos

Nada mais simples e fácil do que essa brincadeira. Escreva seus fetiches em pedaços de papel e coloque-os, dobrados, dentro de um pote. Para jogar, é só escolher um papel, abri-lo, e, se os dois toparem o desafio, partir para o abraço. O pote pode, inclusive, ser mantido em casa para quando o casal quiser uma brincadeira diferente para fazer.

Quiz erótico

Neste jogo cada um faz uma lista com perguntas sobre si mesmo. Um vai fazendo as perguntas para o outro e quem errar paga uma prenda, que tem de ser bem gostosa. Vale lembrar: nada de perguntas como “qual a minha cor favorita?”. Aproveite o momento para estreitar a intimidade e saber mais sobre os desejos do outro.

Dados eróticos

Sem dúvidas, uma das mais clássicas brincadeiras eróticas. Existem dados vendidos em lojas especializadas que já vêm com situações definidas, mas o jogo pode ser adaptado para os dados comuns. Basta que o casal faça uma “legendinha” do que significa cada número dos dados, jogar e se divertir. Cada número pode ser uma ação, uma parte do corpo, uma posição, e por aí vai….

Adivinha o que

Este jogo pode funcionar como uma ótima preliminar, e tudo o que o casal precisa é ter criatividade e uma faixa de pano. Tape os olhos do(a) parceiro(a) e faça carícias que despertem sensações diferentes no outro. Vale usar gelo, tecidos, e, caso tenham, géis e brinquedinhos sensuais.

Sempre que fizer uma carícia, após um tempo, faça com que a pessoa descubra o que foi usado para causar a sensação. Caso acerte, terá o direito de escolher um prêmio. Caso erre, quem fez a carícia escolhe um “castigo” e a provocação continua. Se os envolvidos gostarem de uma pegada mais BDSM, vale também amarrar as mãos (tudo sempre consensual e com muito bom senso. Importante).

Interpretar papéis

Já que estão isolados há tantos dias, que tal fingir que são outras pessoas? É uma tática muito usada por casais mundo afora e que pode esquentar bastante as coisas. Nessa hora é essencial soltar a imaginação: inventar nome, profissão, hobbies, e, até mesmo (por que não?), sotaque. A intenção é fingir que são dois estranhos que acabaram de se conhecer e desenrolar uma história excitante de um primeiro encontro a partir daí. O roteiro pode até ser combinado, mas vale tentar o improviso para deixar tudo mais espontâneo.

Provocar sem penetrar

Quase um teste para cardíaco. Neste jogo de resistência, mesmo quem perde, acaba ganhando. O casal estipula um tempo específico (5 , 10 minutos, importante que não seja muito longo) e prepara o timer do celular. Cada um terá esse tempo para provocar a pessoa com beijos, carinhos, linguadas e tudo o que tem direito – menos penetração. Quando o tempo acabar, é a vez do outro. A intenção é permanecer se provocando pelo maior tempo possível sem partir para os finalmentes (e nem chegar ao orgasmo, viu?!).

Baralho erótico

Sabe aquele baralho que está encostado na gaveta há tempos? Chegou a hora de usá-lo. Mesmo sem cartas eróticas específicas, é possível brincar com o prazer. Uma das opções mais simples é estipular ao que equivale cada uma das cartas (carícias, posições, fantasias, etc.), depois é escolher e se divertir.

Outra opção é usar qualquer jogo comum de baralho, com o qual o casal esteja acostumado e, a cada rodada, quem perder paga uma prenda quente, como tirar uma peça de roupa.

Verdade ou consequência

Para quem gosta do clássico, uma possibilidade é adaptar a boa e velha verdade ou consequência para o modo erótico. Além das prendas e das consequências, é um bom jogo para descobrir mais sobre os desejos e fetiches do crush. Mas lembre-se de não usar o jogo como tentativa de “fuçar” ou descobrir coisas sobre o outro e estragar a brincadeira.


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

-1
-1 points

Qual é a sua reação?

Sexy Sexy
1
Sexy
Ri Muito Ri Muito
0
Ri Muito
confuso confuso
2
confuso
Falhou Falhou
0
Falhou
Amei Amei
0
Amei
Perfeito Perfeito
0
Perfeito
Sexo Falado

Um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escreva seu Conto Erótico
Conto Erótico
Texto formatado com incorporações e recursos visuais
Teste de personalidade
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Quiz Curiosidades
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretendem verificar o conhecimento
Enquete
Votação para tomar decisões ou determinar opiniões
Contagem regressiva
As contagens clássicas da Internet